Sabias?

Anúncios

Twitter

Com certeza não terá passado despercebido a pouca frequência com que tenho actualizado este pequeno espaço.  Penso que o culpado pela ausência é mesmo o Twitter.  Para quem não liga nada a estas coisas, o Twitter é um serviço que surgiu há algum tempo atrás (2006) com a simples ideia de permitir troca de mensagens entre os vários utilizadores através da Internet ou por SMS.

Mas qual a sua verdadeira finalidade? A pergunta que nos fazem inicialmente é “O que estás a fazer?” (What are you doing?), mas há muito que perdeu apenas a finalidade de partilhar o que andamos a tramar.  Apenas verifiquei o poder real do Twitter quando dei por mim a monitorizar em tempo real o que as pessoas diziam sobre um projecto profissional que tinhamos implementado num evento. Felizmente as opiniões eram positivas. Melhor ainda é que tinha a certeza que qualquer problema que surgisse com o sistema que construímos, saberia pelo Twitter.  Tinha à minha frente um sistema de monitorização da experiência de utilização em tempo real!

twitter

Mas existem mais finalidades no Twitter, com saber em primeira mão notícias do terreno antes mesmo de chegarem aos jornais, como foi o caso do avião que aterrou no Rio Houstoun, onde os primeiros relatos e fotos surgiram no Twitter. A sua importância tem sido elevada nos últimos tempos devido aos protestos no Irão. Devido ao bloqueio imposto pelo governo de Teerão aos jornalistas internacionais, temos acesso aos verdadeiros relatos no centro da revolta através das mensagens que a população iraniana deixa directamente no Twitter.

A única frustação é tentar digerir tanta informação que nos chega rapidamente e a velocidade com que algo é propagado por inúmeras pessoas é vaporizante.  É extraordinário como o  mundo gira muito mais rápido apenas com 140 caracteres.

http://twitter.com/pedroclaro

Do mundo até a uma mão

Hoje descobri duas ferramentas poderosas. Ambas têm em comum permitir visualizar algo de uma maneira completamente diferente e de uma perspectiva incomum.

O primeiro é o ARSights que permite através da nossa webcam visualizar objectos 3D nas nossas mãos através de um tag que é necessário imprirmir. A tecnologia não nova, no entanto, parece-me que é a primeira vez que é acessível ao comum dos utilizadores.

arsights

A outra ferramento é o Gapminder, que disponibiliza várias estatísticas do nosso planeta. O seu grande poder é facilidade com que se cruzam dados e se comparam países. Também é extremamente interessante verificar a evolução de ao longo do tempo. Recomendo uma visita de vários minutos. Eis um exemplo do Gapminder em acção:

Transparência

Hoje através do blog do Carlos Andrade, descobri uma verdadeira pérola da ANSOL, chama-se Transparência na AP.

O serviço disponibilizado faz uso da informação disponível no BASE – Contratos públicos online, onde é possível visualizar dados relativos a adjudicações directas das entidades públicas a outras entidaes. Como referido no Transparência na AP:

Esta é uma proposta da Associação Nacional para o Software Livre (ANSOL) para apoiar a transparência na administração pública portuguesa.

Foi desenvolvido para resolver as muitas dificuldades com a pesquisa e navegação no sítio oficial Base. A informação aqui presente é uma cópia da informação oficial actualizada periodicamente e disponibilizada através de um interface que facilita e incentiva a procura. De momento apenas pesquisa pelo objecto e nomes das entidades envolvidas nos Ajustes Directos lá publicados.

Um verdadeiro serviço público que supera em muito a usabilidade do site original e descobrimos verdadeiros tesouros e onde se levantam muitas questões. Como por exemplo que a Câmara de Loures gastou 652 300€ em vinho tinto e branco. Podemos também elaborar uma pesquisa pelos gastos por municipio, como o de Pombal, ou saber que a Câmara de Estremoz gastou quase 2 milhões de euros em luzes de Natal. Algo me diz que isto ainda vai dar que falar…

Update:  Os minutos passam e ainda descubro coisas inacreditáveis – Municipio de de Vale de Cambra compra viatura ligeira de mercadorias pela quantia de 1 236 000€ (sim… um milhão..) – mais descobertas aqui.

Update (16-Jan): E finalmente o saíu cá para fora.

Rocketdock – um PC à lá MAC

Cansado da aparência e funcionalidade do seu desktop? Que tal uma lufada de ar fresco nesse Windows? A solução chama-se Rocketdock e tenho o prazer de já ter a sua companhia há alguns dias. Para além da sua aparência com icons bem bonitos, é bastante funcional e customizável… e já consegui impressionar uns quantos colegas.  Mas umas imagens valem mais que mil palavras, por isso, fica o video: