Rebooting – Lei da Cópia Privada

Desde que surgiu a discussão no seio das redes sociais, com mais expressão no twitter, a revolta perante o projecto Lei da Cópia Privada não pára de aumentar.

Este projecto é um atentando à sociedade da informação e um travão certo ao nosso crescimento. Se este pl118 for aprovado, cada um de nós, sempre que adquirir armazenamento digital, leia-se pens, telemóveis, discos duros, etc pagará uma taxa adicional por gigabyte. Ora, à velocidade que aumenta a capacidade de armazenamento , a taxa promete tomar valores exorbitantes (lembram-se que ainda há uns bons anos atrás usávamos disquetes com com 1.44 Megas),

Esta taxa irá direitinha para a sociedade portuguesa de autores, que aparenta ser de tudo menos de autores. Recentemente, divulgaram 100 assinaturas de artistas que apoiam este projecto lei. No entanto, vários artistas vieram negar o seu apoio e não percebem como é que os seus nomes estão na lista.

Nick Gentry

Eu acredito que grande parte da mudança que observamos à nossa volta, apela a uma ainda maior mudança interior. Trata-se de acreditar que são necessárias pequenas vitórias para fazer evoluir um sistema rodeado de desconfiança e descrédito. Um pequeno passo para essa mudança será por exemplo assinar esta petição e sentir que podemos fazer alguma diferença de modo organizado e como nos permitem.

A petição contra a Lei da Cópia pirata, ao contrário de muitas petições espalhadas neste “pequeno mundo online à beira mar plantado”, foi construída com o objectivo de realmente ser entregue e discutida. Neste momento, já vai com 3657 assinaturas e subir..

A pergunta é simples. queres que te vão mais ao bolso ou resolves fazer alguma coisa?

Assinar petição contra a Lei da Cópia Privada

Sobre o projecto lei da cópia privada

Blog em standby

Resolvi dedicar algum tempo a outro projecto online, numa vertente mais profissional. Assim, as actualizações neste pequeno espaço estão a ficar cada vez menos frequentes. O leitor curioso poderá dar uma vista de olhos pelo Mobile Grid, um side-project que ainda está dar os primeiros passos.

A loja não encerra, nem entra em balanço, apenas sofreu um layoff temporário.