Crédito fácil

Algo me diz que sem a vulgarização crescente do crédito fácil, este governo teria manifestações diariamente. Gostaria de ter acesso a uma estatística com a evolução do sobreendividamento em Portugal. Algum dia isto vai estourar.

Update: Encontrei um estudo do Centro de Estudos Sociais da Faculdade de Economia de Coimbra sobre este assunto.

3 thoughts on “Crédito fácil

  1. Só espero que não sejas uma das vítimas.
    Juizinho, hein…

    Parece que estás a passar para o lado de cá da barricada?
    Já não vês o mundo e os governos tão “cor-de-rosa”, é isso?

    Faz-se luz…

    Abraço!
    Nuno

    P.S: Quanto às estatísticas a DECO é capaz de ter alguma coisa sobre isso.

  2. @Nuno:
    Felizmente não sou uma das vitimas 🙂

    Comecei apenas a penser nisso quando verifico a quantidade de pessoas descontentes e em situações complicadas. Penso que se não existisse o recurso ao crédito fácil (leia-se Cofidis, etc.), já existiriam muito mais manifestações na rua.

    Quanto ao teu comentário “lado de cá da barricada”, nunca fui direita nem de esquerda, cima ou baixo 🙂 Apartidário soa-me bastante melhor.

  3. @Nuno:

    Tentei verificar no INE, existem alguns estudos mas nada concreto sobre o endividamente excessivo. Encontrei um estudo sobre este assunto (que se encontra no post).

Deixe uma Resposta para admin Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s