Super high me

Lembram-se daquele filme em que um homem comia só McDonald’s durante 33 dias? Agora substituam McDonalds por marijuana, e temos um filme novo – Super High Me (trailer) 😉

Anúncios

Dispositivo Explosivo Improvisado

Estava a pensar nas declarações vindas a público sobre o ““tecnologicamente evoluído” dispositivo que vitimou um empresário nocturno e dei por mim a realizar algumas pesquisas no Google sobre, o que a vim a descobrir depois, IEDs (Improvised Explosive Devices). Descobri que estas bombas explosivas são muitas vezes activadas remotamente e são também largamente utilizadas no Iraque. Como exemplo, deixo esta imagem de um destes dispositivos encontrado por um militar americano neste país (que penso que será apenas a parte electrónica):

De notar é a mensagem do visor, que diz “01 Call Missed”, ou seja “1 chamada perdida”. Para combater este tipo de bombas, existem vários aparelhos no mercado, desde os mais complexos phone jammers até aos mais simples e baratos.Honestamente, nem sei o que será mais perigoso, se uma hipotética ameaçada de bomba ou levar com os 100 W em cima da cabeça.

Resolvi ir mais ao fundo na minha pesquisa, e tentar procurar como construír um IED. Será que esta informação seria fácil de encontrar?

Uns minutos depois de começar a desbravar uns quantos links, descobri algumas instruções sobre como construir o engenho explosivo, uns mais pequenos outros maiores. Mas faltava-me a parte tecnologica, o detonador remoto. Basicamente, o necessário deverá ser um, supostamente normal, detonador eléctrico em que a parte de fúsivel será substituída por um circuito aberto que remotamente será fechado (ou seja deixará passar energia). A maneira mais simples, muito provavelmente, será ligar os terminais do detonador eléctrico aos conectores do vibrador do telemóvel. Assim, sempre que este receber uma chamada, irá vibrar, detonando a bomba.